Primeira cirurgia cardíaca infantil

Primeira cirurgia cardíaca infantil da Santa Casa de Passos completa 11 anos

No dia 12 de Junho comemora-se o Dia da Conscientização da Cardiopatia Congênita. A Cardiopatia Congênita é uma má formação cardíaca que está presente durante o desenvolvimento do feto. Sua causa inclui vários fatores que vão desde os ambientais, genéticos, uso de medicamentos e drogas, doenças maternas como o diabetes, lúpus e infecções como a rubéola e a sífilis que possam agir no momento de formação do coração fetal e ocorre nas primeiras oito semanas de gravidez.

Todos os anos, cerca de 130 milhões de crianças nascem no mundo com algum tipo de cardiopatia congênita. Só no Brasil, são mais de 21.000 bebês que precisam de algum tipo de intervenção cirúrgica para sobreviver. Desses, cerca de 6% morrem antes de completar um ano.

Nesse dia de conscientização, a Santa Casa de Misericórdia de Passos relembra e celebra a primeira cirurgia cardíaca infantil realizada na Instituição. No dia 10 de Junho de 2013, o pequeno Kauã Evangelista, de 1 ano e 8 meses passou por um procedimento cirúrgico para corrigir uma má formação em seu coração.

A Santa Casa de Passos foi a primeira a realizar esse tipo de procedimento na região e hoje, 11 anos após a primeira cirurgia, a Santa Casa celebra as quase mil crianças operadas no hospital.

Atualmente a entidade conta com uma UTI Cardiológica Infantil e realiza exames de ecocardiograma, eco fetal e cirurgias cardíacas de pequeno a grande porte. Esse atendimento se estende para Passos e região e até mesmo outras regiões do estado de Minas, tendo em vista que a Santa Casa de Passos é um dos poucos hospitais que oferecem esse serviço em Minas Gerais.

Fonte: Jornal Ponto

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Agendar cobertura